jena-commits mailing list archives

Site index · List index
Message view « Date » · « Thread »
Top « Date » · « Thread »
From ki...@apache.org
Subject svn commit: r1800264 - /jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext
Date Thu, 29 Jun 2017 11:02:35 GMT
Author: kinow
Date: Thu Jun 29 11:02:35 2017
New Revision: 1800264

URL: http://svn.apache.org/viewvc?rev=1800264&view=rev
Log:
JENA-1314: updating pt-BR transalation docs for Eclipse + Jena

Modified:
    jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext

Modified: jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext
URL: http://svn.apache.org/viewvc/jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext?rev=1800264&r1=1800263&r2=1800264&view=diff
==============================================================================
--- jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext (original)
+++ jena/site/trunk/content/tutorials/using_jena_with_eclipse_pt.mdtext Thu Jun 29 11:02:35
2017
@@ -1,309 +1,79 @@
-Title:     Usando Jena com o Eclipse
-Notice:    Licensed to the Apache Software Foundation (ASF) under one
-           or more contributor license agreements.  See the NOTICE file
-           distributed with this work for additional information
-           regarding copyright ownership.  The ASF licenses this file
-           to you under the Apache License, Version 2.0 (the
-           "License"); you may not use this file except in compliance
-           with the License.  You may obtain a copy of the License at
-           .
-             http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
-           .
-           Unless required by applicable law or agreed to in writing,
-           software distributed under the License is distributed on an
-           "AS IS" BASIS, WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY
-           KIND, either express or implied.  See the License for the
-           specific language governing permissions and limitations
-           under the License.
+Title: Usando Jena com Eclipse
 
-**Original credits to: [Ian dickinson][1]**
+Este tutorial mostrará como importar o projeto do Jena no Eclipse. A versão
do Eclipse utilizada foi 4.7.0, e do Java foi 1.8.0_121. O sistema operacional não
deve ser um problema, entã os ũnicos requisitos são Eclipse,
Java 1.8.x, e git para baixar o código-fonte do Jena.
 
+## Configurando seu ambiente
 
-Eu com certa frequência recebo emails da seguinte forma:
+O primeiro passo é instalar o Java JDK 1.8.x. As instruções
para a instalação variam dependendo do sistema operacional, e não
serão abordadas neste tutorial.
 
->     Prezado Sr/Dr/Prof Dickinson
->     Eu sou novo em Jena. Eu não consigo configurar o Jena no eclipse. Seria possível,
por favor, me ajudar a resolver este problema?
+Após a instalação do Java, o próximo passo é
o Eclipse. Você pode baixar uma versão do Eclipse, ou baixar o instalador
e escolher entre as diferentes versões disponíveis. As instruções
e screenshots a seguir foram feitos com a versão _“Eclipse IDE for Java
Developers”_.
 
-A propósito, eu não sou um professor, mas seria bom ser promovido. Então, este artigo
é para todos aqueles que são novos em Jena no Eclipese. Este artigo não é:
+O Eclipse vem com uma versão do Apache Maven embutida, mas talvez você
prefira utilizar uma versão externa para que você possa customizar as
configurações para o seu ambiente. Este passo não é
necessário para este tutorial, e também não será
discutido neste tutorial.
 
-•	Um  [tutorial](http://java.sun.com/docs/books/tutorial/) de programação em Java
+## Baixando o código-fonte
 
-•	Instruções sobre [instalação do Eclipse](http://www.cs.umd.edu/class/spring2006/cmsc132/EclipseTutorial/install.html)
+Siga as instruções da página _[Getting involved in Apache
Jena](/getting_involved/index.html)_ para baixar o código-fonte do repositório
Git. Muitos desenvolvedores baixam o código-fonte em um diretório dentro
do _workspace_ do Eclipse. Mas você pode importar o código-fonte no Eclipse
de qualquer diretório, como será demonstrado a seguir.
 
-•	Um [tutorial de Jena](http://jena.sourceforge.net/tutorial/RDF_API/)
+E não esqueça de executar `mvn clean install`, para que o Eclipse possa
encontrar todos as dependências necessárias.
 
+## Importando o código-fonte no Eclipse
 
-Em vez disto, meus objetivos para este artigo são mostrar a você como fazer um programa
Jena bem básico no Eclipse. Em outras palavras, o equivalente em Jena do [hello world](http://en.wikipedia.org/wiki/Hello_world_program).
+Por padrão, o Eclipse provê uma integração com
Maven. Antigamente você teria que instalar um plug-in primeiro. Mas se você
tiver seguido as intruções anteriores, você deve estar pronto
para importar o código-fonte.
 
-##Preâmbulo
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-001.png" class="img-responsive" alt="Eclipse
workspace">
 
-Jena é uma API (application programming interface) de programação para aplicações
- de web semântica em Java. Ele não é um programa ou ferramenta que você “roda”
–
- se é isto que você está procurando, eu sugiro [TopBraid Composer](http://www.topbraidcomposer.com/)
como uma boa 
-opção. Desta forma, o principal uso de Jena é ajudar você a escrever código
em
- Java que dá suporte à documentação e descrição de RDF e OWL. Eu uso Eclipse
- como meu ambiente de programação Java, existem outros ambientes disponíveis,
- mas eu não os uso e, portanto, 
-a experiência que eu posso passar é baseada no Eclipse.
+Na figura anterior, o _workspace_ do Eclipse est&aacute; n&atilde;o tem nenhum projeto
ainda. A perspectiva foi configurada para mostrar _&ldquo;working sets&rdquo;_, e
j&aacute; h&aacute; um _working set_ criado para o Jena. Este passo n&atilde;o
&eacute; necess&aacute;rio para este tutorial, mas pode ser &uacute;til se voc&ecirc;
tiver v&aacute;rios projetos no seu _workspace_ (por exemplo, se voc&ecirc; tiver
importado Apache Commons RDF e Apache Jena no mesmo _workspace_).
 
+Padr&atilde;o o Eclipse mant&eacute;m seus projetos no painel &agrave; esquerda.
Clique com o bot&atilde;o direito do mouse sobre este painel e escolha _&ldquo;Import&rdquo;_.
Se voc&ecirc; preferir, voc&ecirc; pode utilizar o menu superior e ir para _File_
/ _Import_.
 
-##Pré-requesitos
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-002.png" class="img-responsive" alt="Import
project context menu">
 
-Você precisará:
+Voc&ecirc; dever&aacute; ver um di&aacute;logo, onde poder&aacute; escolher
entre diferentes tipos de projetos para importar no seu _workspace_. Para o Jena, voc&ecirc;
deve selecionar importar _Existing Maven Project_, que fica na categoria de projetos _Maven_.
 
-1.	Baixar em instalar o [eclipse](http://www.eclipse.org/). Este artigo foi escrito com o
Eclipse 3.3.1, mas o número exato da versão não deveria importar já que a interface
principal do Eclipse tem sido estável já há algum tempo.
-2.	Baixar e descompactar o [Jena](http://jena.sf.net). No momento em que estou escrevendo,
a versão atual do Jena é 2.5.5, mas novamente, não importa se você usar uma versão
diferente.
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-003.png" class="img-responsive" alt="Import
existing Maven project">
 
-Para este tutorial eu irei usar Windows, mas os mesmos passos se aplicam ao 
-Linux e, eu presumo, ao MacOS. De fato, na minha máquina Windows eu uso uma 
-estrutura de diretório similar ao do Linux: ao invés de: `c:\Documents and 
-Settings\ijd` como diretório padrão, eu `uso c:\home\ijd`. Esta é uma escolha
- pessoal que torna mais fácil escrever scripts que rodam no Linux e no Cygwin,
- mas não há nenhuma razão especial para você fazer o mesmo. Entretanto, 
-geralmente é uma boa ideia evitar caminhos de diretórios com espaços entre 
-eles, se você puder. Então, a instalação do meu Jena está em: `c:\home\ijd\projects\jena2`.
- Em qualquer lugar que você vê este caminho de diretório neste tutorial, substitua-o
pelo lugar onde você instalou o seu Jena.
+Clicando em _Next_, voc&ecirc; ver&aacute; uma nova tela onde voc&ecirc; poder&aacute;
escolher a localiza&ccedil;&atilde;o do c&oacute;digo-fonte do Jena. Escolha o
diret&oacute;rio onde voc&ecirc; baixou o c&oacute;digo-fonte na se&ccedil;&atilde;o
anterior deste tutorial.
 
-##Guia passo a passo
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-004.png" class="img-responsive" alt="Choosing
source code location">
 
-Este tutorial é realmente para os novatos no Eclipse, então vou fazer um 
-passo por vez. Se você já tem alguma experiência com Eclipse, sinta-se à 
-vontade para pular alguns passos.  
+Agora clique em _Finish_ e o Eclipse dever&aacute; come&ccedil;ar a importar o projeto.
Este passo pode levar v&aacute;rios minutos, dependendo dos recursos dispon&iacute;veis
no seu sistema operacional e hardware. Voc&ecirc; pode acompanhar o progresso na aba _Progress_,
no painel inferior.
 
-##Passo 1 – Cria um Java Project
+Assim que o projeto tiver sido importado no seu _workspace_, voc&ecirc; dever&aacute;
ver algo similar &agrave; tela seguinte.
 
-Eclipse organiza arquivos em projetos (*projects*), então nós vamos precisar de um
projeto neste tutorial. Dependendo dos plugins instalados, o Eclipse pode mostrar um grande
número de diferentes tipos de projetos. Um projeto simples em Java é o suficiente para
uma aplicação simples em Jena.  Se ao invés disso, você quisesse desenvolver um
servlet Java que usa Jena, então use um tipo de projeto adequado. 
-Por clareza, eu vou começar com um workspace vazio no Eclipse:
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-005.png" class="img-responsive" alt="Jena in
Eclipse">
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig1.png"></p>
+<!-- this can be removed when we fix shading guava -->
 
-Eu preciso criar um novo *Java project*:
+Quando o projeto tiver sido importado, o Eclipse dever&aacute; come&ccedil;ar a construir
o projeto automaticamente se voc&ecirc; estiver com as configura&ccedil;&otilde;es
padr&otilde;es, sen&atilde;o voc&ecirc; pode clicar em _Project_ / _ Build All_.
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig2.png"></p>
+O Eclipse mostrar&aacute; um &iacute;cone vermelho nos projetos importados que tiverem
problemas. Agora veremos como arrumar estes problemas.
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig3.png"></p>
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-006.png" class="img-responsive" alt="Eclipse
build problems">
 
-Então eu preciso configurar a estrutura interna do projeto.
- Existe muitas formas de se fazer isso. Eu normalmente uso a 
-estrutura básica que vem do  [Maven](http://maven.apache.org/guides/getting-started/index.html).
O código fonte está em src/main,
- com o código Java em `src/main/java`, ontologias em `src/main/owl`, etc.
- Arquivos Java .class compilados ficam em `target/classes`.Então quando
- eu crio um novo projeto, eu edito as configurações padrões para refletir
- essas preferências. Entretanto, se o padrão é bom para você ou você não

-conhece o suficiente para se importar com esses detalhes ainda, apenas 
-aceite as configurações padrões. Alternativamente, se o projeto que você 
-faz parte ou sua instituição educacional têm padrões já estabelecidos para
- isto, use-os.  
+Os problemas s&atilde;o geralmente relacionados a um [problema conhecido por como um
dos projetos utiliza o Maven Shade Plugin nas classes do Google Guava](http://jena.markmail.org/thread/hdu22kg6qtgsfpn6#query:+page:1+mid:tl3tfxtmfa3hh734+state:results).
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig4.png"></p>
+A solu&ccedil;&atilde;o &eacute; garantir que o projeto _jena-shaded-guava_ fique
fechado no _workspace_ do Eclipse. Voc&ecirc; pode simplesmente clicar com o bot&atilde;o
direito sobre o projeto, e escolher _Close_. O &iacute;cone do projeto dever&aacute;
mudar, indicando que ele foi fechado com sucesso.
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig5.png"></p>
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-007.png" class="img-responsive" alt="Close jena-shaded-maven
module">
 
-##Passo 2: crie uma classe “hello world”
+Feito isso, &eacute; uma boa ideia selecionar a op&ccedil;&atilde;o para limpar
(_Clean_) todos os projetos abertos, para que o Eclipse ent&atilde;o comece a construir
os projetos novamente.
 
-O código de Java fica em arquivos que correspondem à declaração de
- uma classe Java, então eu preciso criar uma classe para o meu exemplo
- de “hello world”. No *project explorer* (que fica no lado esquerdo por padrão,
- mas você pode movê-lo por quase todo o Eclipse), eu seleciono a pasta source
- (src) do projeto que estamos trabalhando e clico com o botão direito para
- abrir o menu de contexto (context menu):   
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-008.png" class="img-responsive" alt="Clean all
Eclipse projects">
 
+Voc&ecirc; tamb&eacute;m pode atualizar as configura&ccedil;&otilde;es dos
projetos Maven, para que o Eclipse entenda que um projeto foi fechado e utilize a depend&ecirc;ncia
do seu reposit&oacute;rio Maven local, ao inv&eacute;s do projeto importado no _workspace_.
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig6.png"></p>
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-009.png" class="img-responsive" alt="Update
Maven projects settings">
 
+Se voc&ecirc; seguiu todos os passos at&eacute; aqui, e n&atilde;o h&aacute;
nenhuma tarefa rodando em segundo-plano (verifique a aba _Progress_) ent&atilde;o o seu
projeto deve estar sendo constru&iacute;do com sucesso.
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig7.png"></p>
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-010.png" class="img-responsive" alt="Jena built
in Eclipse">
 
+Se voc&ecirc; quiser testar o Fuseki agora, por exemplo, abra o projeto _jena-fuseki-core_,
navegue at&eacute; o pacote _org.apache.jena.fuseki.cmd_, e execute _FusekiCmd_ como _Java
Application_.
 
-##Passo 3: adicionando as bibliotecas de Jena
-OK, agora vamos escrever algum código em Jena. 
-A primeira coisa que eu precisarei para trabalhar é um `Model` (modelo):
- um container para comandos RDF. A classe `Model` está no pacote (*package*)
- `org.apache.jena.rdf.model`, então primeiro eu irei importar (*import*) a 
-classe e só então criar uma instância dela. 
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-011.png" class="img-responsive" alt="Run Fuseki
in Eclipse">
 
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig8.png"></p>
+O Fuseki dever&aacute; iniciar, e estar&aacute; dispon&iacute;vel em [http://localhost:3030](http://localhost:3030).
 
-Certo, então por que o código está sublinhando em vermelho? Este é o jeito do
- Eclipse de indicar que existe um problema no código. Se eu tentasse compilar
- este código usando `javac` na linha de comando, eu receberia uma mensagem de
- erro dizendo que o pacote `org.apache.jena.rdf.model`  não pôde ser encontrado,
- e que a classe `Model` não foi definida. Na linha de comando, eu consertaria
- isto configurando o `Java classpath`. Essencialmente, isso é o que eu faço no
- Eclipse também, mas o Eclipse torna isto muito mais fácil. Note que eu não 
-disse em lugar nenhum neste texto que este é um projeto Jena. Tudo que eu
- disse é que é um projeto Java. Qual a diferença? Simples: o Eclipse precisa 
-saber onde encontrar o projeto Jena que eu gostaria de referenciar no meu
- programa. O Eclipse chama os locais onde ele pode achar o código que eu quero
- referenciar como build path.
+<img src="figures/using_jena_with_eclipse-012.png" class="img-responsive" alt="Fuseki
running in Eclipse">
 
-Existem algumas formas diferentes de configurar o build path no Eclipse. 
-Uma forma é criar um diretório `lib` na pasta de mais alta ordem do meu projeto,
- copiar o arquivo Jena `.jar`  lá e então linkar aquele diretório com o *build
- path* do meu projeto. Isto funciona, mas existe uma forma melhor: definir
- uma biblioteca de usuário (*user library*). Uma biblioteca de usuário é uma
- declaração de biblioteca (coleção de códigos de suporte) que eu posso 
-referenciar a partir de qualquer projeto. Feito isso uma vez, eu posso 
-usar esta mesma biblioteca em vários projetos diferentes. Além do mais,
- se eu em seguida atualizar Jena para uma nova versão, uma vez que a
- biblioteca for atualizada, todo projeto no meu wordspace do Eclipse irá 
-enxergar a nova versão.  Com o método de “copiar os arquivos para a pasta lib”,
- eu tenho que recopiar para todo projeto que use Jena. Aqui está como eu crio
- uma biblioteca Jena de usuário, começando com o menu *Preferences*: 
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig9.png"></p>
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig10.png"></p>
-
-Clique *new* para criar uma nova biblioteca de usuário (*user library*):
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig11.png"></p>
-
-Agora eu clico em *add jars* (adicionar jars) para adicionar os arquivos `.jar` 
-do Jena. Arquivos `.jar` contêm bibliotecas Java compiladas que Jena usa, junto
- com o próprio código Jena em  `jena.jar`. A janela de *selection* (seleção)

-que abre me permite selecionar quais arquivos `.jar` estarão na minha biblioteca
- de usuário. Eu selecionei todos (*ALL*) os arquivos `.jar` no diretório `/lib` 
-do diretório de instalação do meu Jena.  
-
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig12.png"></p>
-
-Resultado:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig13.png"></p>
-
-Isso é na verdade suficiente para me permitir usar Jena no Eclipse, mas há 
-um par de passos adicionais que tornam a programação um pouquinho mais fácil.
- Eu posso dizer ao Eclipse onde encontrar o código fonte e o javadoc para
- as classes Jena (Eu vou mostrar como isso é útil mais na frente). Ao lado
- do arquivo `jena.jar` na biblioteca do usuário existe um pequeno ícone 
-de “+”. Clicar lá expande os detalhes daquele `.jar` :
-
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig14.png"></p>
-
-Eu posso informar ao Eclipse que o código fonte está na pasta `src/` do
- diretório de instalação do Jena. Eu clico na linha de *Souce attachment*
- (anexo de código), então clico no botão *Edit* (editar). Na caixa de diálogo
- de configurações de *souce attachment*, eu clico no botão de *External folder*
- (pasta externa) e navego até a locação certa:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig15.png"></p>
-
-Similarmente, eu posso notificar o Eclipse da locação do Javadoc selecionando
- a linha Javadoc *location* (locação) da opção, então seguir um processo 
-similar. Vale notar que o caminho da locação é a URL (ela começa com *file:*).
- Isto se dá porque a locação também pode ser um site Javadoc, embora eu não

-use este recurso aqui. 
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig16.png"></p>
-
-Com a biblioteca de usuário Jena configurada, eu clico em Ok para fechar a 
-caixa de diálogo de configurações de biblioteca.  
-
-##Passo 4: Finalizando o programa “hello world”
-
-Agora eu posso voltar ao meu projeto e configurar o *build path* de Java para 
-a biblioteca que eu acabei de criar. Para começar, clico com o botão direito 
-no nó do projeto no *Explorer window* para abrir o menu de propriedades do
- projeto (*properties menu*), navego até a opção *build path* do menu e adiciono

-a biblioteca (*add libraries*). 
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig17.png"></p>
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig18.png"></p>
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig19.png"></p>
-
-
-Tendo atualizado o *build path*, o Eclipse irá automaticamente reconstruir
- o projeto (i.e. recompilar o código Java). Com isto, alguns erros irão 
-desaparecer, dado que a declaração de `import` pode agora achar a classe 
-para ser importada, e então a classe `Model` agora faz sentido para o compilador.
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig20.png"></p>
-
-Entretanto, ainda existe um erro porque `ModelFactory` não está definido. 
-O que é preciso é uma declaração de `import` adequada. Isto é facilmente 
-corrigido no Eclipse, seja clicando no símbolo (o ‘x’ vermelho na margem 
-esquerda), ou posicionando o cursor logo depois do nome da classe `ModelFactory` 
- e pressionando `ctrl-space`, o que faz com que o Eclipse mostre os complementos
- possíveis para o nome:
-
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig21.png"></p>
-
-Quando eu seleciono a primeira das opções apresentadas (i.e. `ModelFactory` ao
- invés de `ModelFactoryBase`), o Eclipse irá completar a declaração de `import`
- automaticamente.  
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig22.png"></p>
-
-Olhe, não tem mais erros!
-
-A opção de auto-complemento do Eclipse é também útil quando adicionando código.
- Por exemplo, se eu digitar `Resou` seguido por ctrl-space eu recebo do Eclipse 
-os possíveis complementos que casam com aquele nome:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig23.png"></p>
-
-Note o comentário Javadoc em amarelo ao lado do candidato a complemento 
-(No caso, `Resource`). Esta informação extra vem de ter adicionado as locações
- do código fonte e o do javadoc quando eu especifiquei as bibliotecas no passo
- 2 acima. Se você esquecer de especificar estas locações, o Eclipse não pode
- ser tão prestativo em descrever os possíveis auto-complementos. Isto irá
- também afetar a visão (*view*) de debug, embora eu não discuta isto neste 
-artigo. 
-Aqui está o programa *hello world* completo:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig24.png"></p>
-
-##Passo 5: rodando o programa “hello world”
-
-Para rodar este programa a partir do Eclipse, eu uso o menu *run*, acessado a
- partir do botão mostrando um triângulo branco dentro de um círculo verde. 
-Dado que eu ainda não tinha rodado nenhum código, eu tenho que dizer ao 
-Eclipse qual programa rodar. Clique na setinha preta ao lado direito do 
-botão e informe ao Eclipse para rodar `HelloREDFWorld` como uma aplicação Java:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig25.png"></p>
-
-O que resulta na seguinte saída no console do Eclipse:
-
-<p align="center">
-<img border="0" src="figures/jhw_fig26.png"></p>
-
-E é isto: partindo de um Eclipse vazio até trabalhar numa aplicação
- RDF de hello world. É claro que existe muito mais para aprender 
-(veja os links para tutoriais no início para obter acesso rápido a eles), 
-mas espero que você agora possa ter alguma diversão desenvolvendo aplicações
- de web semântica. 
-
-
-  [1]: http://www.iandickinson.me.uk/articles/jena-eclipse-helloworld/
\ No newline at end of file
+Agora voc&ecirc; j&aacute; pode debugar o Jena, modificar o c&oacute;digo-fonte
e construir o projeto novamente, ou importar ou criar outros projetos no seu _workspace_,
e utiliz&aacute;-los com a &uacute;ltima vers&atilde;o do Jena.



Mime
View raw message